Loading...

Belo soneto do reverendo Brás Ivan - Minha tudo! São José do Egito.

Reply A+ A-
Cada verso que faço é para ti
Como eram pra ti os que não fiz
Cada frase poética que desfiz
Era tua na hora que escrevi.


É assim desde o dia em que te vi
Aprendi a sofrer sendo feliz
Quando fujo de ti meu peito diz
Quanto ingrato eu fui quando fugi.


Nunca mais fiz um verso que prestasse
Quando faço uma rima é só disfarce
Escondendo a saudade do meu grito


Pois sem ti o meu verso é só metade
Sem te ver,musa mãe, mulher cidade
Minha tudo! São José do Egito.

Brás Ivan Costa Santos
Foto: www.panoramio.com
Poemas e Poesias 8698814634492092277

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

O Donzelo Azarado

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *