Loading...

Não tive amores sonhei-os, Mas possuí-los não pude!

Bato palmas pra quem tem
A sua cara metade
Já gozei felicidade
Hoje vivo sem ninguém;
Ando a procura dum bem
Pedindo que Deus ajude
Tomar uma atitude
Pra fugir dos devaneios
Não tive amores sonhei-os,
Mas possuí-los não pude!

Abriguei no meu castelo
De sonhos que edifiquei
Um amor que eu nem sei
Dizer o quanto era belo;
Linda do véu ao chinelo
Uma dama de roliude!
E o matuto da Saúde
Descansava em seus seios
Não tive amores sonhei-os,
Mas possuí-los não pude!

Mote: Marconiza
Glosas: Léo Medeiros
Sobral, 19/12/2007

Obs. Saúde é um bairro de Sobral, onde está localizada a igreja de Nossa Senhora da Saúde.
Poemas e Poesias 2557307101192835014

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

O Donzelo Azarado

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *