Loading...

Se resolver não voltar Devolva a inspiração.

Meu castelo de poesia
Depressa desmoronou-se
A inspiração acabou-se
Quando disseste que ia,
A partir daquele dia
Pra mais nada tive ação
Vivo sem disposição
Até mesmo pra deitar
Se resolver não voltar
Devolva a inspiração.

Quando estou trabalhando
Não tiro você da mente
Te chamo constantemente
Acho que estou delirando.
Não estou mais suportando
Essa sua decisão
O pobre do coração
Já está pra espocar
Se resolver não voltar
Devolva a inspiração.

Não assisto o futebol
Ao cinema não vou mais
Deixei de ler os jornais
E de ver o pôr-do-sol.
Passei e-mail na BOL
Contando a situação
Somente na intenção
De você me respostar
Se resolver não voltar
Devolva a inspiração.

Mote: Wellington Vicente
Glosas: Léo Medeiros
Sobral, 31 de julho de 2007.

Poemas e Poesias 2556435326110857502

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

O Donzelo Azarado

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *