Loading...

Uma gota de alimento Num manancial de amor

Quinta-feira, 22 de março Josa Rabelo e Eu(Léo Medeiros) estavámos conversando no facebook quando de repente Josa ver a imagem de uma mãe alimentando o filhinho e sugere o mote: Uma gota de alimento
Num manancial de amor.
Josa deu início imediatamente aos versos, eu fiz essas duas estrofes abaixo seguidas por Henrique Brandão.

Se eu fosse um Leo Medeiros
Ia fazer verso agora
A imagem da Senhora
Nos lugares labrojeiros
As flores soltando cheiros
Exalando seu odor
E a beleza da flor
Mostrada num sentimento
Uma gota de alimento
Num manancial de amor
(Josa Rabêlo)

A mãe alimenta o filho
com a graça do coração
pedindo a Deus proteção
saúde, fartura e brilho;
pro filho seguir o trilho
com muita honra e valor
que Deus pai nosso senhor
não o deixará no alento
um gota de alimento
num manancial de amor.
(Leo Medeiros)

É a mãe com seu carinho
que faz o filho capaz
seja criança ou rapaz
quer sempre o bem do filhinho
desejando o bom caminho
aonde seu filho for
que seja um trabalhador
respeitando o firmamento
Uma gota de alimento
Num manancial de amor.
(Leo Medeiros)

Um rio de bem querer
num mar de fraternidade
fé e solidariedade
lava a alma e dá prazer
não faça o bem por fazer
faça com muito louvor
mostre ao mundo o seu valor
terás reconhecimento
Uma gota de alimento
Num manancial de amor.

Tome suas decisões
baseadas na virtude
exalte sua saúde
viva suas emoções
lembre que as criações
que no mundo Deus botou
com carinho ele criou
com a luz do firmamento
Uma gota de alimento
Num manancial de amor.
(Henrique Brandão)
Poemas e Poesias 8217891689734313182

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

O Donzelo Azarado

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *