Loading...

Onde está você

Onde está você quando eu mais preciso?
Eu estou jogado neste calabouço
e estando aqui no final do poço
eu vejo que os outros festejam meu fim
e ao olhar pra cima eu vejo os perigos
vejo até aqueles que chamei de “amigos”
me jogando terra e sorrindo de mim

por isso eu pergunto:-Onde está você?
que me fez de um fraco um sujeito forte
que jurou amar-me até sua morte
e deu-me esperança num amanhecer
mas só por um erro por mim cometido
me jogou ao chão,me deixou ferido
e pediu que eu suma pra não mais me ver

que amor é esse que você sentia?
uma amor sincero mas em decadência
que estando em meio a uma turbulência
fez um grande inferno do meu paraíso
que amor é esse que deu-me o perdão
mas reincidindo me ofertou um NÃO!
e negou-me a mão quando eu mais preciso

eu aqui debaixo, nessa escuridão
relembro as vezes que me juraste amor
e eu com as mesmas juras te dava uma flor
em um banco rude de tronco cerrado
mas você tão fria com ódio no olhar
me diz friamente pra eu me afastar
e que o nosso amor ficou no passado

mas juro a você que eu buscarei forças
aonde eu não sei mas irei buscar
e diante as voltas que essa vida dá
trilharei eu mesmo meu próprio caminho
fincarei história neste chão rachado
tirarei da queda um grande aprendizado
e gritarei pra o mundo: -Eu venci sozinho

Seguiremos ambos por trilhas opostas
você tão segura fazendo um esboço
e se tu caíres neste mesmo poço
que eu na caminhada sem querer cai
não te preocupas, pois não tem razão
eu sou o primeiro a estender-te a mão
te dizendo: - Calma! Eu estou aqui.

Autor:Welton Melo

http://vivaoverso.blogspot.com/
Poemas e Poesias 3725391599694405239

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

O Donzelo Azarado

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *