Loading...

Ao ouvir tua voz eu mergulhei No poço mais profundo da lembrança.

Conheci certa vez uma princesa
Uma flor do jardim angelical
Exalando um perfume divinal
Dotada de encanto e de beleza;
No seu cheiro minha alma ficou presa
Tu furastes meu peito c’uma lança
Colocastes um rio de esperança
Mas fugistes quando eu me apaixonei
Ao ouvir tua voz eu mergulhei
No poço mais profundo da lembrança.

Recordei os momentos fascinantes
Desde quando olhei nos olhos seus
E dentro dos teus olhos vi os meus
Derramando faíscas de brilhantes;
Relembrei os beijos delirantes
Doces marcas de um tempo de bonança
Vi a lua no alto bela e mansa
Refletindo na areia onde pisei
Ao ouvir tua voz eu mergulhei
No poço mais profundo da lembrança.

Léo Medeiros,
Sobral, 22/05/2011.
Poemas e Poesias 8843813911909314965

Postar um comentário

  1. Vi um filme passar na minha mente
    quando ela de mim se aproximou
    No momento em que ela me falou
    recordei do passado de repente
    Nosso caso de amor não é recente
    mas eu tenho guardado na lembrança
    Nem meu verso ainda não alcança
    tanta coisa que triste recordei
    Ao ouvir sua voz eu mergulhei
    em um poço profundo de lembrança

    ResponderExcluir

emo-but-icon

Página inicial item

O Donzelo Azarado

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *