Loading...

Morreu Anastácio Henrique o Dedo de Ouro da Sanfona

Quem tem mais de 30 anos de idade e nasceu ou viveu nas comunidades de Lajeiro, Recreio, Serra Verde, Ouro Branco, Rafael Arruda, Pedrinhas, São José do Torto, Coreaú, Frecherinha, Mucambo e etc, com certeza ja deve ter ouvido falar em Dedo de Ouro, nome artístico de Anastácio Henrique. A sua sanfona se calou para sempre hoje, dia 03 de abril de 2011, no hospital Santa Casa de Misericórdia de Sobral, aos 55 anos de idade.
Figura bem popular na região chamado por DÊDO DE OURO, exatamente pela sua enorme habilidade com os dêdos sobre as teclas da sanfona. Contido de muita autoestima se identificava com tal reconhecimento, pois se considerava de fato artista. Sempre cativava hábitos peculiares em seu estilo de vida. Usava chapéu de palha com furos elaborados por sua própria idealização. Costumava dizer: "-Dêdo de Ouro usa chapéu furado porque gosta de ser diferente[...]". Trabalhava duas horas por dia, nas horas mais frias da manhã e nas horas frias do cair da tarde, para ele : " - O artista não pode pegar sol demais, porque adoece[...]" Saía somente à noite, a partir das 18hs, em visita às comunidades vizinhas: Recreio, Rafael Arruda, Carqueijo. Ao passar em rápidas pedaladas de bicicleta, pelas ruas dessas locidades, adultos e crianças gritavam em alto som: "-Lá vai o Dêdo de Ouro, lá vai o artista" . Várias são as histórias sobre O DÊDO DE OURO, o Ponto de Cultura Recreio das Artes se solidariza com a sua família e o tinha como patrimônio vivo, artístico e cultural através de vídeo, foto, texto com sua própria narrativa. O que no futuro será receonhecido em um longa metragem a ser exibido a comunidade local.
fonte:http://recreiodasartes.blogspot.com
Programa MInha Terra meu sertão 4747446413273538474

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

O Donzelo Azarado

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *