Loading...

A seca partiu chorando porque a chuva chegou

O pássaro que no verão
Cantava mais animado
Viu que não deu resultado
Chamar seca pro sertão
A ave de arribação
Que há tanto tempo arribou
Na caatingueira cantou
Como que anunciando.
A seca partiu chorando
Porque a chuva chegou.

O santo foi devolvido
Para a sua antiga dona
Fim de semana a sanfona
Na serra dá seu gemido
O lamento é esquecido
Hoje ri quem já chorou
O campo verde deixou
O sertanejo cantando.
A seca partiu chorando
Porque a chuva chegou.

Juntas de bois e arados
São vistos na região
Gente preparando o chão
Onde os grãos serão plantados
Aqueles novos roçados
Vão sustentar quem plantou
E o que o verão matou
Hoje está ressuscitando.
A seca partiu chorando
Porque a chuva chegou.

Mote: Poeta Arles
Glosas: Wellington Vicente
Porto Velho, 04/08/2010.
Poemas e Poesias 3046579570022727500

Postar um comentário

emo-but-icon

Página inicial item

O Donzelo Azarado

Entre em contato

Nome

E-mail *

Mensagem *